Sites Grátis no Comunidades.net Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis
Cultura Nativa
Bebida do Gaúcho?
Chimarrão
Vinho
Ver Resultados

Rating: 3.7/5 (3151 votos)

ONLINE
1


Rádio Grenal

Tempo Agora Uberaba MG

 

 Total de Visitas    


Pra Tí, Mulher
Pra Tí, Mulher

 

 

Centro de Tradições Gáucha de Uberaba - MG

Cultura Nativa



Poesia: Pra Tí, Mulher



É pra ti, mulher,

 

a pura essência da flor,

 

o símbolo da Humanidade,

 

que foi feita do amor;

 

força, charme, elegância,

 

com sorriso encantador,

 

nas horas boas ou ruins

 

sempre superando a dor.

 

 

 

Não existe mulher feia,

 

são diferenças naturais;

 

umas menos vaidosas,

 

e outras que são fatais;

 

loiras, negras, morenas,

 

ruivas, índias, orientais;

 

o que seria de nós

 

se todas fossem iguais.

 

 

 

Seja vovó, mãe, tia,

 

amiga, esposa ou namorada;

 

um homem sem mulher

 

nesta vida não é nada;

 

quando ao lado do homem

 

é parceira, amante, amada,

 

seguiremos, para sempre,

 

unidos na mesma estrada.

 

 

 

Nossa Virgem Maria,

 

Santa Mãe de Jesus,

 

um dia também sofreu

 

ao ver seu filho na cruz;

 

ilumina nossas mães,

 

pr’o bom caminho conduz,

 

para que não sofram tanto

 

por quem deram a luz.

 

 

 

Amor de mãe é eterno,

 

e seu brilho incomparável;

 

sua alma é pura,

 

seu esforço incansável;

 

é a soberana das jóias,

 

para o ciclo da vida;

 

é assim que a comparo,

 

minha mãe querida.

 

 

 

Uma boa esposa

 

todo homem sonha ter;

 

esta mulher maravilha,

 

motivo do meu viver;

 

às vezes me faz sorrir,

 

outras me faz sofrer.

 

De uma mulher eu nasci,

 

por uma mulher quero morrer!


Autor: Fernando Almeida








Voltar